Procura

Contactos

 Os nossos e-mails:
 cidadaniaecasamento@gmail.com

 Para organização de debates:
debate@casamentomesmosexo.org

 Para envio de documentos:
documentos@casamentomesmosexo.org

 Contacto de imprensa:
imprensa@casamentomesmosexo.org


 A nossa morada:
 Apartado 50.003, 1701-001 Lisboa
 PORTUGAL

 

Ajude-nos

 Transferência bancária:

 NIB 0010 0000 4379 5060 0013 0

 

Reino Unido: Igreja Católica intensifica campanha contra casamento homossexual. Semanário SOL online. PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Administrator   
Domingo, 11 Março 2012 21:45

Por LUSA /SOL

 

Crucifixo

A Igreja Católica do Reino Unido intensificou a sua campanha contra a anunciada introdução no país de uma lei que legalizará o casamento entre pessoas do mesmo sexo.
Os dois principais arcebispos católicos, Vicent Nichols e Peter Smith, elaboraram uma carta que hoje será lida em 2500 paróquias, na qual argumentam que a aprovação da lei modificará o significado do casamento como reconhecimento da «complementaridade entre homem e mulher» e o seu propósito «para a procriação e educação das crianças».

A carta lembra aos católicos que «têm o dever de fazer todo o possível para garantir que o verdadeiro significado do casamento não se perde para as futuras gerações».

O governo britânico, de coligação entre conservadores e democratas-liberais, anunciou a sua intenção de introduzir uma lei de casamento civil entre homossexuais para 2012, que as instituições religiosas não são obrigadas a formalizar.

Apesar desta excepção, a Igreja Católica desenvolveu uma campanha de consciencialização social contra esta lei.

Na semana passada, o cardeal Keith O'Brien, líder da Igreja Católica na Escócia, disse que ao se aprovar este «grotesco» projeto, «se envergonhará o Reino Unido aos olhos do mundo».

O primeiro-ministro britânico, o conservador David Cameron, é um defensor da introdução desta lei como parte da modernização do seu partido, depois dos trabalhistas impulsionarem as «uniões» homossexuais em 2005.

Ler notícia no contexto original