Procura

Contactos

 Os nossos e-mails:
 cidadaniaecasamento@gmail.com

 Para organização de debates:
debate@casamentomesmosexo.org

 Para envio de documentos:
documentos@casamentomesmosexo.org

 Contacto de imprensa:
imprensa@casamentomesmosexo.org


 A nossa morada:
 Apartado 50.003, 1701-001 Lisboa
 PORTUGAL

 

Ajude-nos

 Transferência bancária:

 NIB 0010 0000 4379 5060 0013 0

 

Casamento gay entrou no desfile. Jornal de Notícias. Versão para impressão Enviar por E-mail
Quarta, 17 Fevereiro 2010 02:38

 

Texto de Carla Soares e Natacha Palma

Foto de Lisa Soares

 

 Corso O casamento gay foi a grande novidade neste Carnaval, com carros alegóricos dedicados ao tema nos cortejos de Matosinhos e Penafiel. Em Ovar, dois mil foliões voltaram a pisar e a encher a avenida, enquanto dois acidentes mancharam o desfile em Estarreja.

No famoso Carnaval de Ovar, a energia e a animação foram tais que ninguém diria que grande parte dos participantes tinha no corpo apenas três ou quatro horas de sono. Muitos, nem isso. ? que, na madrugada anterior, e como vem sendo hábito de há uns anos para cá, todos os caminhos foram dar à cidade vareira e à chamada Noite Mágica.

Comboios especiais levaram milhares de mascarados de todo o país até ao centro desta cidade do distrito de Aveiro, onde brincaram, dançaram e muito beberam até o sol raiar. Tanto que os bombeiros se viram a braços com mais de meia centena de casos graves de embriaguez, alguns obrigando a tratamento hospitalar. Certo é que os mascarados mostraram-se prontos para outra, voltando a pôr milhares de pessoas a rir com diabinhas de cabeças chifrudas, trolhas stripteasers e velhotes doentes milagrosamente recuperados graças a soro com Viagra.

Em Matosinhos, os foliões também desfilaram pelas ruas, com muita gente a encher passeios e janelas, em S. Mamede de Infesta. O tema de estreia foi o casamento entre pessoas do mesmo sexo. Ao som de "mister gay", e com os símbolos masculinos e femininos misturados numa "grande caldeirada", conforme se lia numa caixa de papel, o carro alegórico do rancho de Padrão da Légua não passou despercebido.

A disputar as atenções, um pónei que veio da Alemanha. Bernie, macho com dois anos e meio, fazia as delícias das crianças enquanto puxava José Leite e a neta Mariana. Faziam parte do desfile do Rancho Típico de S. Mamede Infesta, mas o pequeno cavalo acabou por atrasar-se. Grande sensação causou também uma caravela dedicada aos Descobrimentos. O carro que mais incomodou e fez rir foi o da comissão de culto de Santo António do Telheiro, com uma mulher a sacudir roupa acabada de lavar para cima da assistência e um rapaz a pescar que molhava todos por quem passava com um peixe preso à cana.

 

Ler notícia no contexto original

Actualizado em Quarta, 17 Fevereiro 2010 12:24