Procura

Contactos

 Os nossos e-mails:
 cidadaniaecasamento@gmail.com

 Para organização de debates:
debate@casamentomesmosexo.org

 Para envio de documentos:
documentos@casamentomesmosexo.org

 Contacto de imprensa:
imprensa@casamentomesmosexo.org


 A nossa morada:
 Apartado 50.003, 1701-001 Lisboa
 PORTUGAL

 

Ajude-nos

 Transferência bancária:

 NIB 0010 0000 4379 5060 0013 0

 

A ideia de votar em Manuel Alegre ainda me causa alguns engulhos. Bruno Sena Martins. Semanário Expresso online. Versão para impressão Enviar por E-mail
Sexta, 26 Novembro 2010 21:11

Por Bruno Sena Martins 

 

Numa entrevista recente Manuel alegre afirma que a adoção por homossexuais ainda lhe causa engulhos decorrentes de uma questão geracional. A sua formulação revela a abertura política contra essa forma de discriminação. A esquerda pra frentex agradece. Já a palavra engulho dá conta de uma resistência da ordem do visceral que também merece ser sublinhada: engulho - "ânsia que precede o vómito".

 

Alegre está longe de me revolver um décimo daquilo que Cavaco Silva opera nas minhas vísceras sensíveis, ou não fosse Cavaco  o principal autor - moral e material - da democracia de austeridade em que Portugal se tornou, ou não tivesse Cavaco feito aquela triste figura aquando da aprovação do casamento por homossexuais (aliás, veementemente defendida por Alegre). Mas, para ser honesto, não me ficará mal dizer que a ideia de votar em Alegre ainda me causa engulhos. No fundo estou como Alegre, entre a resistência visceral e o desígnio de uma abertura política.

 

 

Ler artigo no contexto original