Procura

Contactos

 Os nossos e-mails:
 cidadaniaecasamento@gmail.com

 Para organização de debates:
debate@casamentomesmosexo.org

 Para envio de documentos:
documentos@casamentomesmosexo.org

 Contacto de imprensa:
imprensa@casamentomesmosexo.org


 A nossa morada:
 Apartado 50.003, 1701-001 Lisboa
 PORTUGAL

 

Ajude-nos

 Transferência bancária:

 NIB 0010 0000 4379 5060 0013 0

 

Chumbada proposta socialista para coadoção por casais do mesmo sexo. RTP Versão para impressão Enviar por E-mail
Sexta, 14 Março 2014 13:54

 A coadoção de crianças por casais do mesmo sexo foi reprovada esta sexta-feira na especialidade, com 112 votos contra, quatro abstenções e 107 votos a favor. A proposta do PS não chegou a ser votada em votação final global na Assembleia da República. Isto porque houve um chumbo durante a votação na especialidade do primeiro artigo.

 

O diploma socialista mereceu 89 votos contra de deputados do PSD e 23 do CDS-PP. Votaram a favor 69 deputados do PS, 15 deputados social-democratas, 13 do PCP, os oito deputados que formam a bancada do Bloco de Esquerda e os dois deputados do Partido Ecologista ??Os Verdes?.

 Abstiveram-se os socialistas João Portugal e Isabel Oneto e as social-democratas Conceição Caldeira e Maria José Castelo Branco.

Quando se votaram apenas três normas relativas aos requisitos da coadoção verificaram-se cinco abstenções, as mesmas da votação da especialidade, a que se somou o deputado laranja João Prata.

Na bancada do partido de Pedro Passos Coelho votaram a favor do projeto do PS Nuno Encarnação, Francisca Almeida, Cristóvão Norte, Teresa Leal Coelho, Paula Cardoso, ?ngela Guerra, Ana Oliveira, Joana Barata Lopes, Gabriel Goucha, Odete Silva, Sérgio Azevedo, Pedro Pinto, Mónica Ferro, Luís Menezes e Miguel Frasquilho.

Ausências
Não tendo votado a presidente da Assembleia da República, na bancada do PSD verificou-se somente a falta do deputado Mota Pinto - estiveram presentes 107 dos 108 deputados social-democratas. Já na bancada do PS, composta por 74 deputados, faltaram Maria de Belém Roseira, Paulo Pisco e António Braga.

Na bancada do CDS-PP estiveram presentes 23 dos 24 deputados, com João Rebelo a protagonizar a única ausência.

No grupo parlamentar do PCP, que elegeu 14 deputados, faltou Paulo Sá e nas fileiras do BE e do PEV não houve qualquer falta.

 

Ler artigo no contexto original

 

Actualizado em Domingo, 23 Março 2014 01:03